5 de ago de 2011

Governo da Líbia nega morte de filho de Khadafi

Tripoli - O porta-voz do governo da Líbia, Moussa Ibrahim, negou, nesta sexta-feira (5), que Khamis Kadhafi, de 28 anos, um dos sete filhos do presidente líbio, Muammar Khadafi, tenha sido morto durante um ataque da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).
“As informações sobre a morte de Khamis em um ataque aéreo da Otan são mentiras muito sujas destinadas a cobrir o assassinato de civis em uma cidade pacífica”, disse Ibrahim.
A informação sobre a morte de Khamis Kadhafi durante um ataque quinta-feira (4) à cidade de Zliten, a 150 quilômetros da capital, Trípoli, foi divulgada pelas forças rebeldes.
Khamis é o filho mais novo de Khadafi. Oficial de carreira, formado pela Academia Militar e pela Escola de Guerra russa, ele é o responsável pelas brigadas consideradas mais eficientes da Líbia. Segundo a oposição, Khamis seria um dos 32 mortos no ataque ocorrido ontem em Zliten.

Fonte:Àfrica 21 Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário