3 de out de 2011

Mostra de saberes: Escolas e CMEIs têm, nesta semana, a oportunidade de expor trabalhos e realizar apresentações culturais para toda a população goianiense



Já dizia Fernando Pessoa: "O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis".
Esta frase traduz o empenho da Prefeitura de Goiânia de valorizar a Educação, os ensinamentos dos professores e as produções de alunos, em meio a um ambiente estimulante, capaz de surpreender a todos com grandes espetáculos.
Com vistas ao incentivo e a promoção da criatividade dos educandos, construída no cotidiano escolar durante o ano letivo, a Secretaria Municipal de Educação (SME) tem oferecido condições necessárias para as instituições educacionais exporem seus trabalhos pedagógicos.
Uma dessas oportunidades é a Mostra da Ação Pedagógica da rede municipal de Educação (RME), que nesse ano, chega a sua 18º edição. Entre os dias 5 e 8, o evento acontece juntamente com o congresso Pensar, no Centro de Cultura e Convenções da Capital.
Diariamente, das 8 às 22 horas, educandos e educadores expõem trabalhos e realizam apresentações culturais sob a ótica do tema da edição: “Goiânia: sua Gente, sua Riqueza!”. Todos os projetos educativos reunidos na mostra revelam o que foi produzido nas instituições durante o ano.
As iniciativas retratam o cotidiano de alunos, professores, gestores e demais integrantes do ambiente escolar, expressado por meio de teatro, música, maquetes, desenhos, pinturas, recortes, montagens e trabalhos gráficos, utilizando diferentes estilos e materiais.
“A reunião de todas essas ações, num só espaço, faz do evento um grande palco, onde são abordados diversos subtemas”, afirma Marcos Pedro da Silva, chefe da Divisão de Estudos e Projetos do Departa­mento Pedagógico (DEPE) da SME.

Mundo do conhecimento
“Um espaço privilegiado de promoção e de socialização dos resultados dos projetos educativos”. É assim que o diretor do DEPE da SME, Pe. Francisco Prim, define o ambiente planejado para o desenvolvimento das atividades da mostra.
Serão 125 estandes de unidades educacionais, dentre escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), além de 35 outros destinados aos parceiros da SME. Ao todo, serão cerca de 2 mil metros quadrados de estandes, proporcionando uma verdadeira viagem pelo mundo do conhecimento.
Outra atração do evento são as apresentações culturais nas áreas de dança, teatro e música. Durante a exposição, os educandos encenam as mais de 100 atrações que a Comissão Organizadora garante que animam os visitantes.


Da programação constam ainda atividades diversificadas promovidas pelas instituições parceiras, tais como salas de oficinas de leitura, de trânsito, de contação de histórias, de arte com material reaproveitável e outras atividades.

Nos bastidores
Todos os anos a Mostra Pedagó­gica é aguardada com ansiedade por gestores e educadores, já que se trata da maior oportunidade de divulgação do trabalho desenvolvido pelas unidades.
"Os momentos proporcionados pela Mostra são prova da competência, empenho, disciplina e da procura pelo conhecimento dos profissionais e educandos que fazem do projeto uma excelente realidade", ressalta o Pe. Prim.
Dedicação é a palavra-chave no ofício do professor de Música da Escola Municipal Paulo Teixeira Mendonça, José Antônio Silva, responsável pela primeira apresentação cultural da Mostra da Ação Pedagógica de 2011.
De acordo com ele, que há dois meses vem trabalhando com os alunos a exibição, o fundamental dessa participação é conseguir adaptar e relacionar os projetos desenvolvidos pela escola com a temática do evento.
“A partir dos projetos da escola de reaproveitamento de materiais, fizemos uma adaptação, utilizamos música erudita e um poema sobre Goiânia. Os alunos tocam instru­men­tos tradicionais e alternativos. Estamos eufóricos com o espetáculo”, conta o professor.



Vitrine viva

Segundo os organizadores da 18ª Mostra da Ação Peda­gógica da rede municipal de Educação (RME), durante os cinco dias de atividades são aguardados cerca de 20 mil visitantes, entre educandos, profissionais da Educação e comunidade.
Para a secretária municipal de Educação Neyde Aparecida, a Mostra representa uma vitrine de talentos e habilidades das unidades educacionais ao longo do letivo e faz um convite ao goianiense.
“Certa de que todo ser humano é capaz de aprender e se desenvolver social e culturalmente, convido toda a população para prestigiar e compartilhar essa experiência que incentiva e promove manifestações do processo eficaz didático-educativo da rede municipal de ensino”, declara a secretária Neyde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário