24 de dez de 2011

"Palhaçada!", diz Malafaia sobre lei da Palmada, aprovada pela Câmara

pastor Silas Malafaia usou seu Twitter para se manifestar radicalmente contra a Lei da Palmada, que foi aprovada no dia 14 pela Câmara Federal.
O projeto de lei  altera o Estatuto da Criança e do Adolescente proibindo o uso de castigos físicos na educação dos filhos. O texto só foi aprovado depois que os parlamentares evangélicos pediram a alteração de um trecho.
Mas para o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo a Lei é uma “palhaçada”. “Essa lei da palmada ė mais uma palhaçada de deputado que não tem o que fazer e não entende nada de educação de filho”, escreveu ele.Citando os versículos de Provérbios 23:13 e 14, Malafaia diz que prefere ser pautado pela Bíblia do que pela Lei que impede os pais de corrigirem os filhos com a vara. “Quando o assunto entrar em pauta no Senado Federal, faremos uma campanha para impedir a aprovação dessa lei”, disse o pastor assembleano.Malafaia também promete criticar o projeto no seu programa "Vitória em Cristo" . Sua posição é parecida com as dos deputados evangélicos que no primeiro momento foram contra, alegando que o Estado estaria interferindo no direito dos pais de educarem seus filhos.“Isto esta me cheirando a ideologia de governo. Querem se intrometer e determinar sobre a educação de nossos filhos. Não aceitamos!”, protestou o pastor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário