13 de nov de 2011

Operação na Rocinha acabou com o "jugo do fuzil", diz Beltrame


O secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, afirmou que a operação de ocupação realizada neste domingo acabou com o "jogo do fuzil" na favela da Rocinha.
A ocupação é o primeiro passo para a instalação de uma UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) na comunidade --a 19ª do Rio. A Rocinha é uma das maiores do Estado, e sua pacificação é considerada chave para a política de segurança da gestão de Sérgio Cabral.
A ocupação foi feita durante a madrugada. Acessos foram bloqueados às 2h30, e os policiais começaram a entrar na Rocinha por volta das 4h. Em entrevista, o chefe do Estado Maior da Polícia Militar do Rio, coronel Pinheiro Neto, afirmou as favelas da Rocinha e Vidigal estavam sob domínio da polícia às 6h
Durante a ocupação não foram disparados tiros, e a situação é tranquila na região.
Após a ocupação, 13 armas --12 fuzis e uma metralhadora-- foram apreendidas. Um foragido da Justiça foi recapturado.

Fonte: Folha.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário